Epirus

Blog Epirus

Segunda, 05 Agosto 2013 20:48

Fazendo o reconhecimento do Solver e suas ferramentas

Escrito por 
Avalie este item
(1 Votar)

Nossa próxima parada é um reconhecimento geral do ambiente de trabalho do Solver. É importante que você se familiarize com ele, pois muitas vezes respostas não são encontradas no Solver quando elas existem, simplesmente por não termos ajustados nos locais corretos.

Sem conhecer sua futura ferramenta de trabalho é improvável que você se beneficie plenamente de seus recursos.

Parâmetro do Excel Solver

Abaixo o leitor encontra as definições de cada um dos parâmetros do Solver na figura acima:

Definir célula de destino

A célula de destino refere-se a fórmula que engloba as variáveis do seu modelo. Em outras palavras, se você deseja fazer uma maximização, o resultado da maximização aparecerá nesta célula.

Igual a

Especifica o que você deseja como resultado na célula de destino, isto é, se você deseja que ela seja maximizada, minimizada ou um valor específico. Se você deseja um valor específico, simplesmente digite-o na caixa.

Células variáveis

Refere-se às células que podem ser ajustadas até que as restrições no problema sejam atendidas e a célula especificada na caixa Definir Célula de Destino atinja seu alvo. As células variáveis devem estar relacionadas direta ou indiretamente à célula de destino. Se você estiver em dúvida sobre quais as células que estão relacionadas, clique na célula de destino e selecione a opção de rastreamento de precedentes.

A figura abaixo mostra o rastreamento de precedentes para o exemplo do tópico anterior:
 
Excel Solver Rastrear Precedentes
Figura 3 2

Estimar

Esta opção pode gerar um pouco de confusão. Ela não é utilizada para estimar valores, mas sim traçar as células precedentes da célula de destino da mesma forma que foi mostrado na figura anterior. Se você estiver em dúvida de quais células selecionar, você poderá clicar nesta opção para traçar as células que fazem parte do resultado da célula de destino. Se você escolher esta opção todas as células precedentes serão calculadas. Veja a figura:

Resultados do Solver Excel
Figura 3 3

Submeter às restrições

Refere-se às restrições impostas às variáveis de seu modelo.

Adicionar

Exibe a caixa de diálogo Adicionar Restrição.
 
Restrições Solver Excel
Figura 3 4

No exemplo acima, defino a célula A2 como sendo igual a 4. Como este é um valor constante em nosso problema original ao utilizar Estimar para selecionar as células precedentes, podemos restringir o valor para a constante original.

Alterar

Exibe a caixa de diálogo Alterar Restrição. Esta caixa é exatamente igual a caixa de restrições e faz a mesma coisa. A única mudança é o título da caixa.

Excluir

Exclui a restrição selecionada.

Resolver

Inicia o processo de solução para o modelo definido.

Fechar

Fecha a caixa de diálogo sem solucionar o problema. Mantém qualquer alteração feita com os botões: Opções, Adicionar, Alterar ou Excluir.

Opções

Exibe a caixa de diálogo Opções do Solver, onde você poderá carregar e salvar modelos de problemas e controlar os recursos avançados do processo de solução.

Redefinir tudo

Limpa as configurações atuais do problema e redefine todas as configurações para os valores padrões.
 
Os parâmetros acima se referem a caixa de diálogo principal do Solver. Além desta caixa principal ainda temos a caixa de Opções:
 
Opções do Solver Excel
Figura 3 5

Através da caixa de opções o leitor pode controlar os recursos avançados do processo de solução, carregar ou salvar definições de problemas e definir parâmetros para os problemas lineares e não lineares. Cada opção tem uma configuração padrão adequada à maioria dos problemas apresentados ao Solver.

Abaixo o leitor encontra as definições de cada um dos parâmetros da caixa de opções do Solver na figura acima:

Tempo máximo

Esta opção é importante porque ela limita o tempo usado pelo processo de iteração. Esta opção pode ser modifica para um máximo de 32.767 segundos. O valor padrão é de 100 (segundos) e na maioria dos casos é suficiente para encontrar soluções de modelos simples e relativamente complexos.

Iterações

Assim como o Tempo Máximo, está opção aceita um valor de 32.767 o qual limitará o número de cálculos intermediários das iterações. O valor padrão de 100 iterações é, na maioria dos casos, suficiente para resolver um problema no Solver.

Precisão

Serve para controlar a precisão das soluções utilizando o número que você forneceu para determinar se o valor de uma célula de restrição alcançou a meta ou satisfez a um limite superior ou inferior. A precisão deve ser indicada por uma fração entre 0 (zero) e 1. Uma precisão maior é indicada quando o número fornecido possui mais casas decimais — por exemplo: 0,0001 é mais preciso que 0,01.

Tolerância

A porcentagem através da qual a célula de destino de uma solução atendendo às restrições de número inteiro pode divergir do valor ideal e ainda ser considerada aceitável. Esta opção é aplicada somente aos problemas com restrições de número inteiro. Uma tolerância mais alta tende a acelerar o processo de solução.

Convergência

Quando a alteração relativa no valor da célula de destino é menor que o número exibido na caixa Convergência para as cinco últimas iterações, o Solver pára. A convergência é aplicada apenas aos problemas não-lineares e deve ser indicada por um número fracionário entre 0 (zero) e 1. Uma convergência menor é indicada quando o número inserido tem mais casas decimais — por exemplo: 0,0001 tem uma alteração relativa menor que 0,01. Quanto menor o valor da convergência, mais tempo será necessário para o Solver encontrar uma solução.

Presumir modelo linear

Selecione esta opção para acelerar o processo de solução quando todas as relações no modelo forem lineares e você desejar resolver um problema de otimização linear.

Mostrar resultado de iteração

Selecione esta opção para instruir o Solver a fazer uma pausa e exibir os resultados de cada iteração.

Usar escala automática

Selecione esta opção para usar a escala automática quando as entradas e saídas tiverem tamanhos muito diferentes — por exemplo, quando a maximização da porcentagem de lucros é feita com base em investimentos de milhões de dólares.

Presumir não negativos

Faz com que o Solver assuma um limite inferior 0 (zero) para todas as células ajustáveis para as quais não foi definido um limite inferior na caixa Restrição da caixa de diálogo Adicionar Restrição.

Estimativas

Especifica a abordagem usada para obter as estimativas iniciais das variáveis básicas em cada pesquisa unidimensional.

Tangente Usa a extrapolação linear de um vetor tangencial.

Quadrática Usa a extrapolação quadrática, que pode melhorar os resultados em problemas altamente não-lineares.

Derivadas

Especifica a diferenciação usada para estimar as derivadas parciais das funções de objetivo e de restrição.

Adiante

É usada na maioria dos problemas em que os valores de restrição são alterados com relativa lentidão.

Central

É usada em problemas em que as restrições são rapidamente alteradas, principalmente perto dos limites. Embora esta opção exija mais cálculos, ela poderá ser útil quando o Solver retornar uma mensagem informando que não pôde melhorar a solução.

Pesquisar

Especifica o algoritmo que será usado em cada iteração para determinar a direção da pesquisa.

Newton

Usa um método quasi-Newton que geralmente exige mais memória e bem menos iterações que o método gradiente Conjugado.

Conjugado

Requer menos memória que o método Newton, mas geralmente necessita de mais iterações para atingir um determinado nível de precisão. Use esta opção quando houver um problema sério e a quantidade de memória disponível for uma preocupação, ou quando o progresso através das iterações ficar lento.

Carregar modelo

Exibe a caixa de diálogo Carregar Modelo, na qual você pode especificar a referência para o modelo que deseja carregar.

Salvar modelo

Exibe a caixa de diálogo Salvar Modelo, em que você pode especificar onde deseja salvar o modelo. Clique nesta caixa somente quando você desejar salvar mais de um modelo com uma planilha — o primeiro modelo é salvo automaticamente.

Após o reconhecimento da área de trabalho estamos prontos para dar início aos trabalhos no Solver. Caso você não compreenda cada um dos itens anteriores ou esteja com dificuldades de gravar o que cada um faz, não se preocupe. O volume de informação é realmente grande sem contar que você precisará de todo o seu conhecimento matemático e capacidade analítica para usar o Solver eficazmente.

Dito isso, estamos prontos para mergulhar em uma “Excel-ente” ferramenta que é pouco utilizada no Excel.

Ler 22802 vezes Última modificação em Terça, 06 Agosto 2013 12:21
Robert Martim

Atualmente é consultor independente de TI, escritor e produtor de material de treinamento interativo. Foi Diretor de TI da Faircourt Capital UK, Gerente de Exportação para África Ocidental. Fez trabalho pro bono durante vários anos para a ONG Nigerians in Diaspora Organisation Europe (NIDOE), participou da organização da primeira Conferência sobre Boa Governança e Responsabilidade Fiscal na Nigéria e foi um dois principais colaboradores na elaboração do relatório final entregue a presidência da República Nigéria em 2004.

Autor dos livros:

Website.: www.epirus.com.br

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.


Complete a figura para continuar.Joomla CAPTCHA
Você está aqui: Home Blog Epirus Excel Fazendo o reconhecimento do Solver e suas ferramentas